“Casos de ensino: recursos gratuitos para docentes”

“Casos de ensino são uma importante ferramenta de aprendizagem ativa que permite aos estudantes pensar criticamente, testar suas suposições e tomar decisões sobre os desafios do mundo real.”

Saiba mais e acesse os recursos disponibilizados pela Emerald Publishing em: http://view.email.emeraldinsight.com/?qs=6c59450c6db3d1c42416c8351f98a1adf9f802887aeeac81c438b8be5230136c0007267506812d701f5b989972b7a4ce99a6db206d7da10e304f8cbb621b4ebda6907356752d0a1f108fbc209f381669

Acesso Aberto e Unesp: saiba mais

Merton e o ethos da Ciência

No decorrer do século XX, os meios de comunicação da ciência foram sendo apropriados por grupos com interesses comerciais/financeiros.

Em finais do século, a comunidade científica já não detinha mais o controle da sua produção.

O preço das publicações científicas aumenta de forma significativa no final do século XX, culminando na “crise dos periódicos” na década de 1980.

Cenário:

  • tem que se pagar para se ter acesso à informação científica
  • controle e restrição do acesso à informação científica
  • licenças/políticas de direitos autorais restritivas / ©
    • impacto social decorrente:
      • “jogo de capitais/interesses”
      • desequilíbrio no acesso à informação científica
      • contra o ethos da Ciência
      • cadeia que não valoriza os atores centrais
      • métricas restritivas
      • entrave para o desenvolvimento social

O periódico científico, como conhecemos hoje (e que se iniciou e perdurou em papel com força até o século XX), foi-se configurando no decorrer dos séculos XVIII e XIX. A ciência hoje já não se comporta da forma que se comportava há dez, 30, 50 ou 100 anos atrás. Surgimento da internet incita novas formas de compartilhamento da informação. Hoje, no contexto Big Data, diversas outras formas para comunicar a ciência estão em pauta, que não apenas as revistas científicas “tradicionais”.

Acesso Aberto

Benefícios do Acesso Aberto

Impacto Científico do Acesso Aberto

– Acesso aberto X Plágio: O AA maximiza a possibilidade de se evitar e detectar o plágio, uma vez que os recursos online em AA estão disponibilizados de forma on-line, gratuita e massiva, estando assim os conteúdos vinculados a esses recursos sujeitos ao acesso e à análise de qualquer pessoa que tenha possibilidades de navegar na internet

Cenário mais sustentável, em contraposição ao anterior:

  • não se tem que pagar para se ter acesso à informação científica
  • livre circulação/compartilhamento irrestrito da informação científica
  • licenças/políticas de direitos autorais mais flexíveis / CC
    • impacto social decorrente:
      • oposição ao “jogo de capitais/interesses”
      • maior equidade no acesso à informação científica
      • no sentido do ethos da Ciência
      • maior valor aos atores centrais
      • métricas alternativas (Altmetria)
      • em favor do desenvolvimento social (Ciência cidadã)

BOAI (2002):

Ciência Aberta

Dados abertos

* Estudos identificaram que muitos trabalhos de algumas áreas não são reprodutíveis a partir dos dados que trazem

Iniciativas/recomendações/políticas oficiais

2021:

  • UNESCO Recommendation on Open Science
  • Plano S (Europa – agências de financiamento): em linhas gerais, toda pesquisa financiada com recursos públicos terá que ter os seus resultados publicados em periódicos ou plataformas disponibilizadas online e de forma gratuita.
  • Acesso Aberto x pandemia; quebra de patentes

– “Brasil é o país com mais publicação científica em acesso aberto

– “FAPESP lança política para acesso aberto” / Portaria CTA n. 37, de 27/11/2021

Unesp:

Portal Acesso Aberto da Unesp

– “Unesp institui a sua política de Acesso Aberto

Repositório Institucional Unesp

Portal Docentes Unesp

Em suma: várias barreiras: “publish or perish”; exigência de publicar em periódicos internacionais de impacto que não de Acesso Aberto; avaliações do pesquisador/docente; incompatibilidade com políticas das próprias agências; limitantes da Via Dourada: altas taxas para publicar em AA

Porém: ethos da Ciência, compromisso social e com a instituição. Via Verde é uma alternativa

Propetip 20 – A publicação científica como dever ético do pesquisador na universidade pública

Materiais de apoio

Biblioteca-BJB desenvolve, em parceria com o IEP3/Unesp/SJBV e a Coordenadoria do Curso de Engenharia Aeronáutica Unesp/SJBV, material de apoio à elaboração de TCCs

Para saber mais e conhecer o material autoinstrucional desenvolvido acesse-o clicando abaixo!

Webinar especial do Portal Capes direciona-se àqueles que têm interesse em publicar com o IEEE

De acordo com o Portal de Periódicos, a sessão “Publicando com o IEEE”, realizada pela EBSCO, irá abordar: as melhores práticas para autores que possuem interesse em publicar com o IEEE (The Institute of Electrical and Electronics Engineers); ferramentas disponibilizadas por meio da plataforma “Centro do Autor” (Author Center); e opções de publicação, como em Acesso Aberto (Open Access).

  • Data: 20/05/2021
  • Horário: 14h as 15h50

Para participar, deve-se realizar inscrição via Portal Capes. Assim que inscrito, receberá o link para participação. O webinar fornece certificado.

Rede de Bibliotecas Unesp realiza live sobre gestão de dados de pesquisa

A transmissão será efetivada a partir do Canal da CGB/Unesp no YouTube.

Saiba mais sobre gestão de dados de pesquisa no Portal Acesso Aberto da Unesp.

Webtreinamentos do Portal Capes: pesquisa bibliográfica e recursos de informação

Recurso relevante sobretudo para membros da comunidade Unesp que visam desenvolver/estejam desenvolvendo trabalhos acadêmicos que envolvem a utilização de levantamento bibliográfico/revisão bibliográfica, o Portal de Periódicos (“Portal Capes” – portal que disponibiliza a membros de instituições de ensino e pesquisa no Brasil acesso a mais de 37 mil títulos com texto completo, 126 bases de dados referenciais, 11 bases dedicadas exclusivamente a patentes, além de livros, enciclopédias/obras de referência, normas técnicas, estatísticas e conteúdo audiovisual) oferece de maneira online, gratuitamente, treinamentos voltados à sua utilização e ao desenvolver da pesquisa científica.

Diferentes modalidades de treinamento são oferecidas, sendo de interesse da comunidade acadêmica Unesp SJBV principalmente as seguintes:

  • Treinamento voltado à utilização geral do Portal

De acordo com a Capes, em tais treinamentos um instrutor apresenta teoria e realização de etapas da pesquisa bibliográfica, entre as quais: pré-busca (uso de operadores booleanos, estratégias para truncar termos, uso de caracteres especiais), pós-busca (uso de filtros e delimitadores especiais) e gestão de resultados (guarda de estratégia de busca, criação de pastas locais e alertas).

  • Treinamento direcionado à área das Engenharias                                                      

De acordo com a Capes, tais treinamentos compõem-se por realização de apresentações e palestras acerca de recursos oferecidos pelo Portal voltados à área das Engenharias.

Os treinamentos voltados para a utilização geral do portal estão sendo realizados todos os dias – à exceção dos domingos; os treinamentos direcionados especificamente às Engenharias são realizados em períodos específicos do ano; para conhecê-los acesse o calendário anual de treinamentos.

Para acesso aos materiais didáticos vinculados aos treinamentos e efetivação de inscrição clique aqui. Frisa-se que antes de efetuar a solicitação de inscrição há que se cadastrar no Portal, acessando a guia “Meu Espaço”, situada no menu superior da página.

Lembra-se que todos os treinamentos oferecidos pela Capes fornecem certificados. Mais informações podem ser obtidas por meio de colocações a serem encaminhadas a “treinamento.periodicos@capes.gov.br”.

%d blogueiros gostam disto: