Plataforma Minha Biblioteca, fique por dentro: novos livros adicionados, títulos substituídos, catálogo completo atualizado e webtreinamentos

Saiba tudo e um pouco mais em: https://app.rdstation.email/mail/0d2bdc85-326c-4fc9-b607-b289649f8cd7?utm_campaign=mb_news_ti_-_outubro_2021&utm_medium=email&utm_source=RD+Station

Biblioteca-BJB disponibiliza lista de recursos interativa vinculada ao material autoinstrucional “Orientações para desenvolvimento e apresentação de trabalhos acadêmicos”

Por meio de projeto desenvolvido pela Rede Bibliotecas Unesp/Coordenadoria Geral de Bibliotecas da Unesp-CGB, a Biblioteca-BJB disponibiliza um novo recurso de informação à comunidade: Leganto. Por meio dele, tem-se acesso às listas de leitura/bibliografias de disciplinas de forma dinâmica, interativa e integrada.

Alguns dos diferenciais do Leganto em relação às listas de bibliografia tradicionais são a sua integração com outras plataformas de acesso à informação, o direcionamento de acesso direto para aqueles materiais listados acessíveis on-line, a indicação de onde um material não disponível on-line pode ser encontrado fisicamente, apresentação da licença de uso dos materiais, disponibilização de tags e anotações dos docentes sobre os recursos indicados, indicação de materiais relacionados com as temáticas contempladas pela lista, possibilidade de realização de discussões via plataforma e muito mais, portando-se assim como recurso tendente para os docentes da universidade disponibilizarem as bibliografias das disciplinas nesse formato.

Lista fornece acesso a conteúdos e recursos complementares aos conteúdos e recursos trazidos pelo material autoinstrucional de apoio à elaboração de trabalhos acadêmicos

A lista disponibilizada pela BJB, que contempla itens como e-books, vídeos e guias direcionados ao apoio à elaboração de trabalhos acadêmicos, com enfoque no TCC, pode ser acessada aqui! Conheça-a! Para interagir com ela basta realizar login com seus dados da Central de Acessos/e-mail institucional.

Itens da lista estão vinculados à plataforma de descoberta da Unesp, Athena, podendo ser localizados por meio dela também, via opção de busca “Busca Avançada”, “Procurar em: Reserva de disciplina”. A busca deve ser feita por meio do nome do responsável da disciplina ou do título desta (no caso, Núcleo Local IEP3 São João da Boa Vista ou Orientações para desenvolvimento e apresentação de trabalhos acadêmicos).

O Material autoinstrucional: orientações para desenvolvimento e apresentação de trabalhos acadêmicos, desenvolvido conjuntamente entre Núcleo Local do Instituto de Educação e Pesquisa em Práticas Pedagógicas -IEP3/São João da Boa Vista, Biblioteca-BJB e Coordenação de Curso de Engenharia Aeronáutica, traz apontamentos básicos voltados à elaboração, mormente, de Trabalho de Conclusão de Curso – TCC, direcionados, sobretudo, a graduandos do câmpus experimental da Unesp em São João da Boa Vista ; conheça-o aqui!

Trial da plataforma SAGE Research Methods está disponível para a Unesp

O acesso à plataforma, que fornece apoio para o desenvolvimento de pesquisas científicas por meio de diversos recursos e conteúdos que abordam a metodologia da pesquisa acadêmica em suas diversas e distintas etapas, pode ser feito a partir do endereço: https://methods.sagepub.com/, conectando-se à rede VPN Unesp.

Plataforma JoVE: acesse milhares de vídeos de apoio aos estudos!

A plataforma oferece acesso a diversos vídeos, desenvolvidos e revisados por especialistas, nas áreas dos cursos oferecidos pela unidade da Unesp em São João da Boa Vista! Para acessar, conecte-se à rede privada VPN Unesp ou realize login institucional por meio de seu e-mail.

Graduando, para produzir seus trabalhos durante a quarentena acesse e-books e normas disponibilizados pela Unesp!

Está disponibilizada para a comunidade Unesp uma série de recursos de informação que oferecem uma gama de possibilidades e conteúdos em versão digital (como e-books, vídeos, artigos de periódicos, normas, cursos).

Muitos desses recursos são de uso exclusivo da comunidade Unesp, assinados pela instituição para usufruto de sua comunidade, assim requerendo acesso institucional para utilização (via login institucional ou por meio de conexão à VPN-Unesp).

Podem ser acessados a partir da página institucional da Biblioteca-BJB ou mesmo via este blog aqui (pelos links colocados abaixo ou pelos caminhos das páginas).

__

E-books

Particularmente quanto a e-books em língua portuguesa, há duas plataformas principais assinadas pela Unesp para apoiar os estudos (que oferecem acesso a muitos dos títulos presentes no acervo de documentos físicos da Biblioteca-BJB):

  • Minha Biblioteca (app disponível na Play Store)
    • Acesso por meio de login da Central de Acessos

Especificamente nessas plataformas, a busca por e-books dá-se utilizando-se das caixas de busca situadas na parte superior das páginas, inserindo-se ou título do livro, ou sobrenome do autor ou alguma palavra/expressão representativa de algum assunto.

Outros e-books podem ser acessados a partir de outras plataformas que a Unesp assina, aqui apontadas (para essas, a conexão à VPN deve estar ativa).

Ainda, foi adquirido no ano passado um pacote contendo títulos de e-books voltados especificamente aos cursos de graduação oferecidos pela unidade da Unesp de São João da Boa Vista. Esses títulos podem ser conhecidos e acessados a partir do seguinte link:

No mais, o Portal Capes (app disponível na Play Store), por meio de seus muitos recursos, também contempla muitos títulos de e-books disponibilizados para acesso, incluindo diversos e-books em língua inglesa que tratam de assuntos abarcados pelas áreas de conhecimento trabalhadas pela unidade da Unesp de São João da Boa Vista. Nele, uma forma interessante de busca dos títulos dá-se mediante utilização de plataformas específicas de áreas do conhecimento. Abaixo estão imagens que mostram como iniciar uma procura dessa maneira.

* Para acessar a íntegra de conteúdos que o Portal oferece, também se deve estar conectado à VPN Unesp ou então, alternativamente, logado institucionalmente via Comunidade Acadêmica Federada- CAFe.

Para busca congregada/abrangente de e-books e outros recursos de informação (como artigos científicos), pode-se utilizar o portal Pesquisa Integrada da Unesp, que, além de realizar a busca nos acervos físicos das bibliotecas da universidade, pesquisa “dentro” de todas as plataformas acima apontadas, fornecendo o link para acesso aos conteúdos. Salienta-se que via portal de pesquisa integrada também se deve estar conectado à VPN Unesp ou inserir logins conforme solicitado por cada recurso. Vídeo instrucional para uso da plataforma pode ser acessado abaixo.

* Tutorial em texto também está disponível com diretrizes para utilização e busca de e-books via Pesquisa Integrada.

Outros títulos de e-books podem ser encontrados mesmo por meio do Google, onde se pode encontrar em páginas muitos títulos disponibilizados em acesso aberto, que são disponibilizados de forma legal gratuitamente. Entretanto, aqui há que levar em consideração os aspectos éticos do uso de materiais, já que muitas vezes páginas disponibilizam também materiais que não poderiam estar disponibilizados (conforme ilustração posta abaixo), por questões de restrição de licenças, direitos de uso, propriedade intelectual.

Ilustração

  • É ilegal fazer isso.
  • é justo? a questão é complexa, e envolve deveres e responsabilidades pessoais, da pessoa como cidadão e como cidadão profissional/estudante

Em meio a essa questão, o Google possui filtro por licenças, em sua busca avançada, que procura e fornece direcionamento somente a materiais disponibilizados de forma legal/aberta

Outras fontes de informação/sites que disponibilizam conteúdos em acesso aberto podem ser acessados a partir dessa página institucional da Biblioteca-BJB. Ressalta-se também que o próprio portal Pesquisa Integrada contempla a localização de recursos disponibilizados em acesso aberto.

Ainda, importante é a avaliação crítica da fonte, do documento, da informação encontrada via Google, sobretudo. Há que ser verificada a credibilidade/confiabilidade de alguma forma:

  • Informação está vinculada a alguma instituição?
    • qual a credibilidade da instituição?
  • Apresenta autoria?
    • qual a expertise desse autor?
  • Apresenta data de elaboração ou publicação?
    • a data é interessante para o tipo de proposta de trabalho?
  • Encontra-se vinculada a alguma plataforma institucional/editora/publicação científica?
    • qual a credibilidade desses mantenedores/da plataforma?
  • Qual o propósito comunicacional dessa fonte/informação?
    • mesmo páginas institucionais podem estar enviezadas de diferentes formas que não propriamente a científica: manipulação de dados; análise de contextos
  • Como é o estilo da escrita e a estruturação da forma do trabalho?
    • apresenta muitos adjetivos, termos coloquiais, equivocações ortográficas? pode não ter a qualidade total científica
    • incoerências de conteúdo ou de argumentação?: pode configurar plágio, por exemplo, ter sido feito “às pressas”, perdendo também qualidade
  • Faz referência a outros documentos publicados?
    • a que documentos faz referência?

Em resumo, a busca nos recursos é semelhante à busca em motores como o Google; cada recurso, no entanto, apresenta especificidades no que toca ao manejo/busca, há que “fuçar”, ir à descoberta, ver as instruções específicas. Autonomia: há “macetes”, técnica, mas o mais importante é a atitude, processo criativo, solução de problemas em frente da busca e acesso às informações/documentos/fontes, observando os diversos recursos oferecidos pelos sistemas de recuperação da informação. É preciso “ser você”, ser independente, colocar o seu “traço pessoal”.

As fontes são milhares, deve-se buscá-las, ser ativo, mas sempre observando a questão moral que se coloca em meio a esse contexto, além de se ter um olhar crítico em cima daquilo que se está acessando.

__

Normas e normalização da informação

Todos os trabalhos produzidos por membros da comunidade Unesp devem ser normalizados. Mas, afinal, normalizar para quê?

  • A comunicação requer normas; a comunicação acadêmico-científica requer as suas para que o conteúdo possa ser o mais efetivamente possível comunicado, apresentado
  • Explicitar as fontes utilizadas para elaboração/embasamento das ideias
  • Possibilitar acesso às informações usadas
  • Evitar a simples reprodução de ideias/conteúdos (não incorrer em plágio)
  • Dar credibilidade e qualidade ao conteúdo e ao próprio trabalho em si

A Unesp, para a sua produção acadêmica, utiliza as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT. Essas normas podem ser acessadas a partir da Plataforma ABNT Coleção (acessível somente via VPN + login).

Outras informações/modelos/diretrizes relativos a normas podem ser encontradas na página da Biblioteca-BJB “Normalização – Biblioteca Unesp SJBV“.

cit
Fonte: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR10520: informação e documentação – citações em documentos – apresentação. Rio de Janeiro: ABNT, c2002.

Apoio online

Linktree Biblioteca- BJB: os links mais importantes relacionados aos fluxos, recursos e serviços da Biblioteca-BJB/Rede de Bibliotecas Unesp em um só lugar! Acesse:

Quaisquer dúvidas/informações/orientações a respeito da realização de busca nos sistemas de recuperação de informação/normas aplicadas a trabalhos podem ser obtidas junto ao bibliotecário, que se coloca à disposição por meio do serviço de orientação à pesquisa bibliográfica e à normalização.

Ainda, dúvidas/questões relativas à utilização/interação com a informação científica podem também ser discutidas online e em direto via chat, por meio do serviço “Pergunte a um Bibliotecário“, disponibilizado pela Coordenadoria Geral de Bibliotecas da Unesp – CGB.

Post Pós-Graduação EE – 1º semestre/21: recursos de informação para a pesquisa científica

Tópicos abordados:

  1. Busca de informações via internet
  2. Fontes de informação
  3. Avaliação crítica da fonte, do documento, da informação
  4. Ética e Moral
  5. Normas e normalização da informação
50ecc2b2584fbd824fa16cf5a7e6c1ed-1
Literacia da Informação”: aprendizagem autônoma ao longo da vida / UAb / CC BY 4.0

[…] Um conjunto de competências que habilita os cidadãos a acessar, recuperar, entender, avaliar e usar, criar, compartilhar informações e conteúdos de mídia em todos os formatos, utilizando diversas ferramentas, de maneira crítica, ética e eficaz, para participar e se envolver em atividades pessoais, profissionais e sociais. […] (UNESCO, 2013, tradução nossa).

 

1 – Busca de informações via internet

Normalmente, necessidade de informação para embasar/fundamentar/desenvolver uma (as) ideias; daí surge a busca.

Para isso é preciso criatividade; postura ativa; “ir atrás” de fontes, informações, pessoas.

Mas, antes, é interessante saber o que se quer. Que tipo de informação se precisa. Particularmente, quase sempre se requer informação científica; mas qual?

  • Informação para embasamento de ideias?
  • Informação para situar um panorama geral/informações mais abrangentes?
  • Informação rápida, pontual, acerca de um fato/assunto específico?
  • Informações detalhadas sobre um tópico específico?
  • Informações para ilustração de uma informação?

A depender do contexto, do escopo, do objetivo do projeto, um (uns) tipo (os) de documento podem ser mais interessantes.

  • Monografias (teses, dissertações, livros, e-livros, principalmente)
  • Artigos de periódicos
  • Trabalhos apresentados em eventos
  • Documentos iconográficos (fotografia, ilustração, sobretudo)

Definições dadas pela ABNT/ISO, p. 10

  • Informação para embasamento de ideias
    • Monografias/Artigos de periódicos/Trabalhos apresentados em eventos
  • Informação para situar um panorama geral/informações mais abrangentes?
    • Monografias
  • Informação rápida, pontual, acerca de um fato/assunto específico?
    • Artigos de periódicos/Trabalhos apresentados em eventos
  • Informações detalhadas sobre um tópico específico?
    • Monografias
  • Informações para ilustração de uma informação?
    • Documentos iconográficos

Em meio à internet:

  • Como eu vou fazer essa busca?
  • Como delimitar a questão em termos conceituais?
  • Como expressar esses conceitos em forma(as) de expressões?
  • Via qual recurso vou buscar?
  • Quais recursos, dentro do recurso, devo utilizar?
  • Que tipos de documentos pretendo utilizar?

VOCÊ poderá e deverá definir. Por meio da postura ativa, criativa, solucionando questões, experimentando, experienciando, autonomamente, aprendendo a aprender.

 

2 – Fontes de informação

Além de informações postas em distintos tipos de páginas/recursos, possibilita o encontro de *fontes que dão acesso a informações não indexadas por motores de busca

* Fontes Acesso Aberto (acesso irrestrito; compartilhamento; livre circulação/cocriação de conhecimento) e fontes de acesso restrito

– Artigos/monografias/trabalhos apresentados em evento:

– Artigos/trabalhos apresentados em evento:

– Monografias, principalmente (teses e dissertações):

– Documentos iconográficos: Sessão 4

alternativamente:

Conteúdos de acesso restrito, acesso Unesp institucional/via VPN; alternativamente, o Portal Capes, na versão com seus conteúdos e recursos na íntegra, pode ser acessado via Comunidade Acadêmica Federada – CAFe.

– Aplicativo/dispositivos móveis: Portal Capes

Busca nos recursos semelhante à busca em motores; cada recurso, no entanto, apresenta especificidades no que toca ao manejo/busca, há que “fuçar”, ir à descoberta, ver as instruções específicas. Autonomia: há “macetes”, técnica, mas o mais importante é a atitude, processo criativo, solução de problemas em frente da busca e acesso às informações/documentos/fontes, observando os diversos recursos oferecidos pelos motores de busca. É preciso “ser você”, ser independente, colocar o seu “traço pessoal”.

* Dica: utilização de palavras com “alta carga semântica”; não “palavras vazias” = resultados mais precisos / relevantes; ilustração:

Ilustração 1

Ilustração 2

 

3 – Avaliação crítica da fonte, do documento, da informação encontrada via Google, sobretudo

Há que ser verificada a credibilidade/confiabilidade de alguma forma.

  • Informação está vinculada a alguma instituição?
    • qual a credibilidade da instituição?
  • Apresenta autoria?
    • qual a expertise desse autor?
  • Apresenta data de elaboração ou publicação?
    • a data é interessante para o tipo de proposta de trabalho?
  • Encontra-se vinculada a alguma plataforma institucional/editora/publicação científica?
    • qual a credibilidade desses mantenedores/da plataforma?
  • Qual o propósito comunicacional dessa fonte/informação?
    • mesmo páginas institucionais podem estar enviezadas de diferentes formas que não propriamente a científica: manipulação de dados; análise de contextos
  • Como é o estilo da escrita e a estruturação da forma do trabalho?
    • apresenta muitos adjetivos, termos coloquiais, equivocações ortográficas? pode não ter a qualidade total científica
    • incoerências de conteúdo ou de argumentação?: pode configurar plágio, por exemplo, ter sido feito “às pressas”, perdendo também qualidade
  • Faz referência a outros documentos publicados?
    • a que documentos faz referência?

4 – Ética e Moral

 
Creative Commons vão no sentido do Acesso Aberto
 

Autonomia: há “macetes”, técnica, mas o mais importante é a atitude, processo criativo, solução de problemas em frente da busca e acesso às informações/documentos/fontes, observando a questão ética/moral.

  • é legal/ilegal fazer isso?
  • é justo?
  • deveres e responsabilidades, cidadão x profissional/estudante

As fontes são milhares, deve-se buscá-las, ser ativo, mas sempre observando a questão moral que se coloca em meio a esse contexto.

  • Google e o filtro por licenças

Busca por documentos iconográficos:

5 – Normas e normalização da informação

Normalizar para quê?

  • A comunicação requer normas; a comunicação científica requer as suas para que o conteúdo possa ser o mais efetivamente possível comunicado, apresentado
  • Explicitar as fontes utilizadas para elaboração/embasamento das ideias
  • Possibilitar acesso às informações usadas
  • Evitar a simples reprodução de ideias/conteúdos (não incorrer em plágio)
  • Dar credibilidade e qualidade ao conteúdo e ao próprio trabalho em si

Universidade, para a sua produção acadêmica, utiliza as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT

Plataforma ABNT Coleção

Normalização – Biblioteca Unesp SJBV

cit
Fonte: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR10520: Informação e documentação – Citações em documentos – Apresentação. Rio de Janeiro: ABNT, c2002.

MORE – Mecanismo Online para Referências

Portaria nº 206, de 4 de setembro de 2018, a qual dispõe sobre obrigatoriedade de citação da CAPES

Autoarquivamento de teses e dissertações

 

E-capacitações

Webtreinamentos Portal Capes

  • Portal Capes (uso geral)
  • Bases de dados específicas
  • Gerenciadores de referências
  • Webtreinamentos “especiais” sobre assuntos específicos relacionados à pesquisa bibliográfica

Calendário anual 

 

Minicurso de normas ABNT: citações, referências e trabalhos acadêmicos, por Biblioteca Unesp Rio Claro

 

Materiais de apoio

  • ‘Research & Library Skills’

Guias temáticos (desenvolvidos pelo SDI – FEUP)

DMPTool (recurso para a elaboração de plano de gestão de dados de pesquisa)

  • ‘Critical Literacy’

  • Information Ethics

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA “JÚLIO DE MESQUITA FILHO”. Coordenadoria Geral de Bibliotecas. Grupo de Estudos de Normas Técnicas Documentais. Manual de normalização de trabalhos acadêmicos: citação e referência: ABNT. Botucatu: [s. n.], 2020. (Manuais Técnicos). Disponível em: https://drive.google.com/file/d/1auB4wt9daF8l25Q5A57rkVQG_3o94VBi/view?usp=sharing. Acesso em: 24 mar. 2021.

 

Questões/dúvidas:

Conheça e acesse os e-books de Engenharia e recursos da EBSCO!

Participe dos webinários e saiba tudo! Inclusive como acessar os e-books específicos disponibilizados para os cursos da Unesp – Câmpus Experimental de São João da Boa Vista.

E-books assinados: atualizações

Algumas das coleções de e-books assinadas pela Unesp tiveram agregações ao seu leque de conteúdos; fique sabendo abaixo!

Biblioteca Virtual 3.0 da Pearson

As seguintes editoras passaram a fazer parte da coleção:

  • Del Rey
  • Neurus
  • Boitempo
  • Global
  • Processo
  • Ícone
  • Pearson (catálogo global inglês)

Minha Biblioteca

– 110 novos títulos adicionados em dezembro/2020, totalizando mais de 1.550 novas obras adicionadas ao acervo em 2020.

– acatadas 396 indicações para substituição aos títulos referentes à atualização programada para o final de janeiro de 2021.

Computer Science (Springer Nature)

Nova coleção assinada. Mais de 3.400 títulos de e-books da área de Ciência da Computação, contemplando edições de 2018, 2019 e 2020. O acesso dá-se por IP Unesp; acesso ativado via Athena Unesp, via seu motor de busca. A lista de títulos pode ser acessada aqui.

Recursos informacionais eletrônicos da Rede de Bibliotecas Unesp: conheça e use!

Está disponibilizada para a comunidade Unesp uma série de recursos de informação que oferecem uma gama de possibilidades e conteúdos em versão digital (como e-books, artigos de periódicos, normas, cursos). Uma parte desses recursos são de uso exclusivo da comunidade Unesp, assinados pela instituição para usufruto de sua comunidade, assim requerendo acesso institucional para utilização (via computadores institucionais ou VPN-Unesp). A restante encontra-se disponibilizada em acesso aberto, podendo ser acessada gratuitamente a partir de qualquer dispositivo. 

Precisamente, tais recursos estão arrolados e podem ser acessados a partir da página:

* Salienta-se que o “Guia de fontes de informação, produtos e serviços digitais das bibliotecas da Unesp”, ao qual o link acima direciona acesso, inclusive contempla aulas, tutoriais, treinamentos e manuais voltados à utilização dos recursos

E-books (livros eletrônicos)

Especificamente, foi adquirido no presente ano um pacote contendo títulos de e-books voltados especificamente aos cursos de graduação oferecidos pela unidade da Unesp de São João da Boa Vista. Esses títulos podem ser conhecidos e acessados a partir do seguinte endereço:

Particularmente quanto a outros títulos de e-books, podem ser acessados a partir de plataformas disponibilizadas pela Unesp, pelas seguintes páginas da Coordenadoria Geral de Bibliotecas da Unesp – CGB:

Dentre essas plataformas pode-se destacar as seguintes, que oferecem acesso a muitos dos títulos, em língua portuguesa, presentes no acervo de documentos físicos da Biblioteca-BJB:

Especificamente nessas plataformas, a busca por e-books dá-se utilizando-se das caixas de busca situadas na parte superior das páginas, inserindo-se ou título do livro, ou sobrenome do autor ou alguma palavra/expressão representativa de algum assunto.

No mais, o Portal Capes, por meio de seus muitos recursos, também contempla muitos títulos de e-books disponibilizados para acesso, incluindo diversos e-books em língua inglesa que tratam de assuntos abarcados pelas áreas de conhecimento trabalhadas pela unidade da Unesp de São João da Boa Vista. Nele, uma forma interessante de busca dos títulos dá-se mediante utilização de plataformas específicas de áreas do conhecimento. Abaixo estão imagens que mostram como iniciar uma procura dessa maneira.

Diretrizes para busca e acesso a documentos e conteúdos nos recursos

Vídeo instrucional para uso da plataforma institucional Pesquisa Integrada Unesp pode ser acessado abaixo:

Especificamente para busca de e-books mediante a plataforma de busca integrada da Unesp, acima referida, tutorial encontra-se posto abaixo.

Explicita-se que, no geral, a busca de documentos por meio dos recursos/fontes dá-se, normalmente, mediante elaboração de estratégia de busca. As estratégias de busca devem ser compostas por termos (descritores) que designem conceitos, devendo, pois, tais termos apresentarem alta carga terminológica/semântica. O auxílio à identificação de um termo que vai obter melhores resultados no contexto de um sistema de recuperação de informação é fornecido por linguagens documentárias, como os tesauros. Quando da elaboração de uma estratégia de busca deve-se, idealmente, utilizar-se do tesauro/linguagem documentária vinculado ao sistema de recuperação de informação, já que ele indica aqueles termos que devem ou não ser utilizados para a elaboração da estratégia de busca/obtenção de resultados mais efetivos.

Após a identificação daqueles descritores que serão objetos da busca, há que ser realizada a sua combinação na estratégia. Normalmente, sistemas de recuperação de informação utilizam-se dos operadores booleanos “AND”, “OR” e “NOT” para a formação de uma estratégia de busca. Incluindo “AND” entre descritores pretende-se obter resultado que congregue, obrigatoriamente, ambos os descritores apontados. Incluindo “OR” entre descritores objetiva-se a obtenção de resultado que apresente um dos descritores apontados ou ambos os descritores. Incluindo “NOT” entre descritores visa-se obter resultado que apresente um dos termos elencados e, obrigatoriamente, não inclua o outro descritor apontado.

Os sistemas de recuperação de informação trazem, normalmente, instruções próprias quanto às formas de realização de busca. Ainda assim, quaisquer dúvidas/informações/orientações a respeito da realização de busca nos sistemas de recuperação de informação podem ser obtidas junto ao bibliotecário, que se coloca à disposição por meio do serviço de orientação à pesquisa bibliográfica e à normalização.

Ainda, dúvidas/questões relativas à utilização/interação com a informação científica podem também ser discutidas online e em direto via chat, por meio do serviço “Pergunte a um Bibliotecário“, disponibilizado pela Coordenadoria Geral de Bibliotecas da Unesp – CGB.

Outros apontamentos relativos à busca/uso da informação científica em meio ao universo digital podem ser encontrados no post:

%d blogueiros gostam disto: