Acesso Aberto e Unesp: saiba mais

Merton e o ethos da Ciência

No decorrer do século XX, os meios de comunicação da ciência foram sendo apropriados por grupos com interesses comerciais/financeiros.

Em finais do século, a comunidade científica já não detinha mais o controle da sua produção.

O preço das publicações científicas aumenta de forma significativa no final do século XX, culminando na “crise dos periódicos” na década de 1980.

Cenário:

  • tem que se pagar para se ter acesso à informação científica
  • controle e restrição do acesso à informação científica
  • licenças/políticas de direitos autorais restritivas / ©
    • impacto social decorrente:
      • “jogo de capitais/interesses”
      • desequilíbrio no acesso à informação científica
      • contra o ethos da Ciência
      • cadeia que não valoriza os atores centrais
      • métricas restritivas
      • entrave para o desenvolvimento social

O periódico científico, como conhecemos hoje (e que se iniciou e perdurou em papel com força até o século XX), foi-se configurando no decorrer dos séculos XVIII e XIX. A ciência hoje já não se comporta da forma que se comportava há dez, 30, 50 ou 100 anos atrás. Surgimento da internet incita novas formas de compartilhamento da informação. Hoje, no contexto Big Data, diversas outras formas para comunicar a ciência estão em pauta, que não apenas as revistas científicas “tradicionais”.

Acesso Aberto

Benefícios do Acesso Aberto

Impacto Científico do Acesso Aberto

– Acesso aberto X Plágio: O AA maximiza a possibilidade de se evitar e detectar o plágio, uma vez que os recursos online em AA estão disponibilizados de forma on-line, gratuita e massiva, estando assim os conteúdos vinculados a esses recursos sujeitos ao acesso e à análise de qualquer pessoa que tenha possibilidades de navegar na internet

Cenário mais sustentável, em contraposição ao anterior:

  • não se tem que pagar para se ter acesso à informação científica
  • livre circulação/compartilhamento irrestrito da informação científica
  • licenças/políticas de direitos autorais mais flexíveis / CC
    • impacto social decorrente:
      • oposição ao “jogo de capitais/interesses”
      • maior equidade no acesso à informação científica
      • no sentido do ethos da Ciência
      • maior valor aos atores centrais
      • métricas alternativas (Altmetria)
      • em favor do desenvolvimento social (Ciência cidadã)

BOAI (2002):

Ciência Aberta

Dados abertos

* Estudos identificaram que muitos trabalhos de algumas áreas não são reprodutíveis a partir dos dados que trazem

Iniciativas/recomendações/políticas oficiais

2021:

  • UNESCO Recommendation on Open Science
  • Plano S (Europa – agências de financiamento): em linhas gerais, toda pesquisa financiada com recursos públicos terá que ter os seus resultados publicados em periódicos ou plataformas disponibilizadas online e de forma gratuita.
  • Acesso Aberto x pandemia; quebra de patentes

– “Brasil é o país com mais publicação científica em acesso aberto

– “FAPESP lança política para acesso aberto” / Portaria CTA n. 37, de 27/11/2021

Unesp:

Portal Acesso Aberto da Unesp

– “Unesp institui a sua política de Acesso Aberto

Repositório Institucional Unesp

Portal Docentes Unesp

Em suma: várias barreiras: “publish or perish”; exigência de publicar em periódicos internacionais de impacto que não de Acesso Aberto; avaliações do pesquisador/docente; incompatibilidade com políticas das próprias agências; limitantes da Via Dourada: altas taxas para publicar em AA

Porém: ethos da Ciência, compromisso social e com a instituição. Via Verde é uma alternativa

Propetip 20 – A publicação científica como dever ético do pesquisador na universidade pública

Materiais de apoio

Rede de Bibliotecas Unesp realiza live sobre gestão de dados de pesquisa

A transmissão será efetivada a partir do Canal da CGB/Unesp no YouTube.

Saiba mais sobre gestão de dados de pesquisa no Portal Acesso Aberto da Unesp.

“COVID-19 evidencia a necessidade de avanços na gestão de dados científicos, avaliam especialistas”

Saiba tudo lendo a íntegra da matéria da Agência Fapesp, por Elton Alisson.

Unesp lança portal sobre Acesso Aberto

Visando a institucionalização da política institucional de acesso aberto da universidade, foi apresentada no dia 05/11/20, pelo Comitê de Acesso Aberto da Unesp, a página Acesso Aberto da Unesp, bem como a participação da instituição na plataforma Multiusuário. A página Acesso Aberto da Unesp, que reúne informações sobre a temática e direciona acesso a recursos nesse sentido (como à plataforma Multiusuário), pode ser acessada a partir do seguinte endereço: https://www2.unesp.br/portal#!/acessoaberto

Conheça a iniciativa e faça parte dela!

“Fapesp lança Rede de Repositórios de Dados Científicos”

“Ferramenta permite acesso aos dados gerados em pesquisas científicas de instituições de SP”

Saiba mais em: https://www2.unesp.br/portal#!/noticia/35405/fapesp-lanca-rede-de-repositorios-de-dados-cientificos

“Google lança nova ferramenta de busca para dados científicos”

[…] Lançada em setembro, a ferramenta, chamada Dataset Search, ajuda pesquisadores a encontrar facilmente os dados completos de estudos disponíveis em repositórios dos mais variados tipos – como sites de editoras, agências governamentais e instituições de pesquisa, em bibliotecas digitais e em páginas pessoais de cientistas, por exemplo. […]

Saiba mais em: http://www.diretodaciencia.com/2019/01/30/google-lanca-nova-ferramenta-de-busca-para-dados-cientificos/?fbclid=IwAR2IjycQFbn4vXeDWUme7mSCBXn08kJa2WwCLrlG3wfM83h7Q9tIec6VPNc

%d blogueiros gostam disto: