Docente, com Turnitin, otimize o processo de avaliação e acompanhe o progresso do aluno

Saiba mais em: https://go.turnitin.com/webmail/45292/1625705482/b65101e04d1564e8bcc1de6a0a981556a85c0ff2cb8b14c170c4db5d1f8888d9

“Microsoft Word inclui ferramenta que checa plágios durante a escrita”

“A ferramenta Microsoft Editor do Microsoft Word agora é capaz de checar plágios em trechos de um texto. A verificação de similaridade, como foi nomeada, ajuda a elaborar materiais mais originais e é capaz de identificar a origem de excertos para mencionar autores.

O recurso está sendo integrado ao Word do Microsoft 365 EDU A3 e A5 em versões de teste antecipado. Ao acionar o editor e selecionar o texto, o Editor escaneia o documento e denuncia ocasionais plágios de conteúdos publicados online. Também avalia a originalidade do material e sugere a citação de trechos completos, já formatando em padrões norte-americanos.

Especialmente útil para professores, a ferramenta entrega com agilidade a parcela do texto que é “inspirada” em artigos da internet. Contudo, alunos também podem solicitar avaliação da verificação de similaridade para tornar seus textos mais originais e evitar qualquer constrangimento com seus avaliadores.

“Recentemente, houve várias mudanças relacionadas às noções sobre plágio e como torná-lo um processo de aprendizado em vez de uma armadilha. O fato de essa ferramenta encontrar similaridades durante a escrita é ótimo”, disse um professor na publicação de anúncio da ferramenta.

A versão final da verificação de similaridade deve ser disponibilizada para todos os assinantes do Microsoft 365 Home e Business em julho. Não há previsão para lançamento da ferramenta em português ou adição do padrão ABNT para citações. O tutorial completo para utilização da ferramenta está disponível no site oficial da Microsoft.”

Fonte: https://www.tecmundo.com.br/software/154602-microsoft-word-inclui-ferramenta-checa-plagios-durante-escrita.htm?fbclid=IwAR08UN8zcvTCuRgXn-e1NYpCLa_Ky0OaGYYJQzyP-Hi0fW-n9rFEAXC3lKA

“Detectores de plágio são uma muleta e um problema”

“Acadêmicos e editores precisam parar de fingir que o software sempre pega texto reciclado e começar a ler com mais cuidado, diz Debora Weber-Wulff.”

[…] O software não pode determinar o plágio; só pode apontar para alguns casos de texto similar. Os sistemas podem ser úteis para sinalizar problemas, mas não para discriminar entre originalidade e plágio. Essa decisão deve ser tomada por uma pessoa. O método mais importante para encontrar plágio é ler um texto e estudar as referências para inconsistências. Uma verificação pontual com um mecanismo de pesquisa na Internet, usando de três a cinco palavras de um parágrafo ou uma frase particularmente agradável, pode revelar copistas. Procurar por uma referência que pareça estranha pode transformar uma fonte que mutilou a referência da mesma maneira. Somente se um texto estiver de alguma forma desativado e a pesquisa online não ajudar, os sistemas de software devem ser consultados. Nesses casos, é melhor usar dois ou três sistemas e ler os relatórios, não valorizar os números à primeira vista.

A integridade acadêmica é um problema social; a diligência devida não pode ser deixada para algoritmos desconhecidos. Manter a ciência honesta depende de cientistas dispostos a trabalhar duro para proteger a literatura.”

Leia a íntegra em: http://www.sibi.usp.br/?p=36532

“Plágio acadêmico: o que é e como verificá-lo em minutos”

[…] Uma boa dica é utilizar a tecnologia na identificação dos plágios. Existem softwares completamente gratuitos, que fazem uma varredura por palavras e paráfrases que tenham sido utilizadas em outras obras. […]

1 – Google

Sim, o próprio Google. Talvez seja essa a ferramenta mais acessível aos professores e avaliadores de artigos acadêmicos. Basta copiar trechos do texto do aluno e jogá-los no campo de busca.

O Google irá reconhecer as palavras e frases que já foram utilizadas em outras obras. Você pode acessar o suposto conteúdo original. E verificar se, de fato, o aluno usou de paráfrase, mosaico ou cópia integral daquele trecho.

2 – Turnitin

Como o próprio site diz, a Turnitin surgiu para “incentivar um ambiente de ensino onde os alunos se apropriam de suas idéias e produzem conteúdo original, um processo que os prepara para ter sucesso acadêmico e inovar além da sala de aula”.

Eles mostram, o quanto do documento do aluno se assemelha aos conteúdos dos  bancos de dados. Para que assim, os professores possam entender o quanto do documento não é original. A Turnitin diz ainda as fontes que o aluno utilizou para escrever o trabalho.

3 – CopySpider

O CopySpider é uma ferramenta gratuita que verifica, de forma precisa e ágil, documentos da internet que se assemelham ao trabalho apresentado pelo aluno.

4 – ACNP Software

ACNP Software funciona de duas formas distintas: ele realiza uma busca anti-plágio e tenta encontrar documentos semelhantes na internet e ainda rastreia códigos ( C++, Visual Basic, Delphi, Java e C#)  que foram copiados e colados da web. […]

Saiba mais em: https://blog.even3.com.br/plagio-academico/?fbclid=IwAR21n4zEKI_8Z6CPiYZsZJUUCbD723GkIjrYsDlAywXPVdKA0htJZ3RHGO8

 

Usuários da BJB têm acesso a Guias Temáticos em informação da Faculdade de Engenharia da U.Porto

Estão disponibilizados para consulta/uso da comunidade Unesp SJBV guias temáticos voltados à competência em informação. Configurando-se como materiais de apoio/suporte ao desenvolvimento de atividades acadêmicas, foram desenvolvidos pelo Serviço de Documentação e Informação da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto – SDI/FEUP. Abaixo os guias podem ser acessados (também podem ser acessados a partir do seguinte endereço: https://bibliotecaunespsjbv.wordpress.com/guias-tematicos-desenvolvidos-pelo-sdi-feup/ )

Guias temáticos (desenvolvidos pelo SDI – FEUP)

– “CRIAR BIBLIOGRAFIAS: Ferramentas para Citar e Organizar Referências

– “EVITAR O PLÁGIO: Normas para Citar e Referenciar

– “PESQUISA NA WEB

– “PUBLICAÇÃO CIENTÍFICA

%d blogueiros gostam disto: